Dois estudantes de economia decidem descobrir como é viver com R$2 por dia


Dois estudantes de economia decidem descobrir como é viver com R$2 por dia

08/05/2013 14:56

Dois estudantes de economia decidem descobrir como é viver com R$2 por dia
O que você faria com um dólar, aproximadamente dois reais, por dia? Como viveria? Zach Ingrasci e Chris Temple quiseram experimentar a sensação, não pela aventura, mas para alertar para um fato: é assim que vivem cerca de 1,1 bilhões de pessoas em todo o mundo.

Eles eram dois estudantes de economia da Universidade de Claremont McKenna, na Califórnia, com um percurso normal, até que a ideia lhes preencheu a mente. Zach e Chris partiram pra aldeia de Pena Blanca, na Guatemala, onde estiveram durante 56 dias, juntamente com Sean Leonard e Ryan Christoffersen, que iriam ajudar a documentar a experiência em filme. Os quatro acabaram passando mesmo tipo de privações.

Os 56 dólares por pessoa correspondentes (224 ao todo) serviram pra comprar lenha, papel higiênico, arroz, feijão e outro tipo de mantimentos, bem como roupa quente, tenda pra dormir e pra dar uma ajuda no microcrédito a que recorreram pra criar a própria zona de cultivo.

Os quatro querem que o filme chegue pra pessoas que não fazem ideia de como é viver contando os trocados. Ele se chama de “Living on One Dollar” e o trailer pode ser visto abaixo. Os jovens descobriram que não há respostas fáceis para este desafio.








LivingOneDollar

Recorrer ao microcrédito pra poder cultivar é, muitas vezes, a única saída possível.

LivingOneDollar2

Durante os 56 dias, a cama foi o próprio chão, apenas com bocados de papelão e algunscobertores.

LivingOneDollar6

Isso significou muitas visitas de todos os tipos de insetos.

LivingOneDollar3

Eles ingeriam, em média, 800 a 900 calorias por dia, cerca de metade do valor recomendado.

LivingOneDollar12

LivingOneDollar4

Os sinais foram se tornando evidentes. Estas duas fotos de Zach têm apenas 10 dias de diferença.

LivingOneDollar5

Aqui Chris no primeiro e no décimo dia de viagem.

LivingOneDollar7

Todos os dias, eles sorteavam quanto dos 224 dólares que tinham (56 por cada um) iam usar naquele dia, entre 0 e 9.

LivingOneDollar8

O sistema utilizado pelos quatro tentou reproduzir a vida da população: nunca ninguém sabe quanto vai ganhar num dia.

LivingOneDollar19

Em Pena Blanca, existe apenas uma única fonte de água.

LivingOneDollar10

As coisas ficaram realmente difíceis quando Chris contraiu a doença de E. coli e giardíase, uma doença infeciosa no intestino delgado.

LivingOneDollar9

Zach também já tinha passado mal com uma infeção intestinal, depois de ter ingerido água contaminada, devido às más condições sanitárias do local. Sem dinheiro pra medicamentos, eles se perguntaram: como é que estas pessoas combatem um imprevisto, como a doença?

LivingOneDollar11

A generosidade dos vizinhos, como Rosa, Anthony e Chino, foi o que lhes deu esperança nos momentos mais difíceis.

LivingOneDollar13

No último dia, Anthony pediu: “não esqueçam das pessoas de Pena Blanca”.

LivingOneDollar18

LivingOneDollar14

Eles não esqueceram e embarcaram nessa missão de contar a história pelo mundo inteiro. Criaram também uma organização de microcrédito sem fins lucrativos chamada de Living on One.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O homem que morreu devido a uma vírgula

O relacionamento entre um cadeirante e um andante.

Os 5 aeroportos mais curiosos e perigosos do mundo